Voltar

Como escolher Papel de Parede

Escolher papel de parede é sempre muito prazeroso – além de você revestir sua parede, você consegue agregar na decoração e deixar o ambiente com a sua cara.

Existe uma variedade de papéis de parede aguardando a sua escolha: existem os florais, os listrados, os lisos, os texturizados, com estampas de folhagens, arabescos, geométricos, os que imitam elementos da natureza (tijolo, mármore, cortiça, pedra, etc) e por fim, os infantis. Cada seguimento com um universo de cores à disposição.

Talvez, a dificuldade em escolher o papel de parede ideal esteja justamente na variedade que o mercado de decoração oferece. São tantas opções lindas que fica difícil escolher apenas um.

Mas quem disse que você deve escolher apenas um tipo? Nos últimos anos se observou a união de duas ou mais estampas no mesmo ambiente, de forma harmônica, um completando o outro. Um olhar de um profissional do ramo de decoração é sempre bem-vindo para te ajudar a escolher corretamente; entretanto muitas lojas especializadas em vendas de papéis de parede já prestam esse auxílio na escolha das cores.

O primeiro passo é escolher o tipo de estampa. Para isso é importante analisar o ambiente em que o papel será colocado, os móveis que ficarão nesse ambiente para que um não queria chamar mais atenção que o outro e haja uma singularidade.

Depois de escolher a estampa, o próximo passo é escolher o tipo de material.

Existem os papéis Vinilizados, que são mais indicados para áreas secas, como quartos e salas. Já os papéis TNT e Vinílicos são indicados para banheiros e lavabos, porém longe da área molhada. Esse tipo de papel é mais resistente e pode ser limpo com um pano úmido.

Para definir a quantidade certa que a sua parede vai precisar é fundamente trazer as medidas de pé direito e largura. Alguns rolos medem 6m, mas há rolos que medem até 10m. Os rolos têm diferentes tamanhos e os que forma painéis exigem bastante atenção na hora da colocação.

Para aplicar o papel de parede é necessária uma espátula de silicone, própria para esse tipo de tarefa, estilete e cola pronta ou em pó.
A instalação é supersimples e fácil, mas se você está inseguro (a), contrate um aplicador profissional.

É importante comprar o papel de parede com uma margem de sobra de 10% para as beiradas, nunca compre a metragem exata.

Decorar precisa ser prazeroso, mas, acha que isso não é a sua praia, contrate um profissional para fazer todo o trabalho por você, desde a escolha do papel até a aplicação.

Fonte: Adaptação de texto disposto no portal https://homefinish.com.br