Voltar

MICROAPÊS: você moraria em algum deles?

Novos empreendimentos em cidades como São Paulo e Curitiba passaram a oferecer imóveis de tamanhos antes inimagináveis, seguindo uma tendência mundial. Alguns têm menos de 10 m². Para se ter uma ideia, este é o tamanho do quarto de muita gente, incluindo banheiro, cozinha e as funções de uma casa completa.

Qual o menor tamanho que sua casa poderia ter?

Parece impossível morar bem em tão pouco espaço, mas esta realidade nos convida a um exercício de imaginação: de quanto espaço precisamos de fato?

Esta pergunta está presente nos episódios da série Tiny House Nation, que entrou recentemente no catálogo da Netflix. Ela mostra como famílias, casais e vários perfis de moradores enfrentam o desafio de construir e ocupar pequenas casas nos Estados Unidos.

Um país que também apresenta uma realidade oposta, das imensas casas com garagens e quartos abarrotados de objetos – assunto de infinitos reality shows.

É interessante observar em Tiny House Nation como alguns moradores tentam transportar para poucos metros quadrados todo um estilo de vida e são confrontados com a realidade. Desejam viver em mini casas modernas, mas ao mesmo tempo não pensaram que seria preciso abrir mão de livros, utensílios domésticos, instrumentos musicais, sofás gigantes e vários ambientes.

Sintonia com o minimalismo

As microcasas conversam diretamente com o movimento minimalista, que já inspira muitos designers e arquitetos. Juntos, lançam um olhar sobre o desejo e a necessidade de um estilo de vida enxuto, prático, mais nômade e aliado à tecnologia.

Para que uma cozinha enorme, se muitos passam o dia fora de casa? Para que uma biblioteca, se os livros são eletrônicos? Você precisa de todos os objetos que possui hoje? Vale pensar se o que você tem lhe traz de fato alegria, para citar uma frase da famosa guru de organização Marie Kondo.

Claro que viver em espaços mínimos não é para todo mundo. Mas o tema faz refletir sobre os novos tempos e as prioridades de cada um de nós. Para inspirar esta conversa, selecionamos estes microapês com várias soluções que aproveitam cada centímetro quadrado. Praticidade de sobra, sem perder a beleza jamais.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Adaptação de texto disposto no portalhttps://casacor.abril.com.br