Voltar

VEJA QUATRO MOTIVOS PARA INVESTIR NA SEGURANÇA DE EMPREENDIMENTOS NA FASE DE PROJETOS

Entregar o empreendimento dos sonhos para um cliente é o objetivo de toda incorporadora. Arquitetos, engenheiros e demais profissionais que atuam no setor da construção civil, auxiliam na construção desse sonho. Mas nem sempre essa tarefa se limita a trabalhar no escopo da proposta do empreendimento, pensar em prédios sustentáveis e eficientes, fazer áreas planejadas para o lazer etc. Sabe por quê?
Porque, além de desejarem um empreendimento bem estruturado, as pessoas querem e precisam se sentir seguras nele. Segundo uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgada pelo Portal Exame, o Brasil está em segundo lugar em uma lista de 124 países com maior medo da violência – isso devido ao fato de 68% dos participantes da pesquisa afirmarem que se sentem inseguros em andar à noite na sua vizinhança. A pesquisa foi realizada em 2017 e publicada no final de 2018. Esses dados indicam que hoje para o brasileiro se sentir confortável e feliz em um ambiente, a segurança é essencial. Antes que você pense que o empreendimento pode ser adaptado pelo próprio cliente ou por administradoras de condomínio para ser mais seguro, depois da entrega oficial feita pela construtora, vamos mostrar aqui que não é bem assim. De acordo com especialistas do mercado, a opção mais recomendada no quesito segurança de empreendimento é planejar o quanto antes, ou seja, desde a concepção, considerar os recursos técnicos (físicos e eletrônicos) e projetos, com o apoio de uma consultoria, logo no início do escopo do empreendimento. “Quando o empreendimento já é construído com a ajuda de uma consultoria de segurança, fica mais fácil de administrá-lo. Caso contrário, o condomínio ficará frágil a qualquer situação que aconteça dentro e nas periferias do condomínio”, comentou o técnico Renato Alexandre Botani, da Tecnisa, empresa do mercado imobiliário brasileiro. Para entender melhor, veja abaixo quatro motivos para investir na segurança de empreendimentos ainda na fase de desenvolvimento dos projetos:

1. Ganhe a confiança dos clientes Apresentar um projeto que já incorpora estratégias e investimentos de segurança é mostrar que a sua empresa se importa com um dos fatores que mais interferem no cotidiano da população. Enxergar no empreendimento, na sua futura casa ou no escritório do seu próprio negócio um ambiente seguro com certeza influenciará na decisão de compra do empreendimento.

2. Evite desperdícios Contar com uma consultoria de segurança ainda na fase do escopo de um empreendimento possibilita a elaboração de um projeto estratégico de segurança mais adequado. A empresa analisará o entorno da área em que se pretende construir, o nível de segurança da vizinhança, e desenvolverá um plano para suprir as necessidades da região e do empreendimento – sugerindo quais as melhores áreas de acesso, entradas inteligentes e especificando os equipamentos de segurança, levando em conta a qualidade e os valores dos mesmos. Com a consultoria, o empreendimento já nascerá com todo suporte para segurança. Vale lembrar que implantar equipamentos após a construção concluída eleva os gastos e pode-se ainda requerer ajustes e reparos em áreas recém-construídas, descartando ou danificando materiais novos – ou seja, um desperdício!

3. Garanta a segurança da obra Uma consultoria também realiza o assessoramento e a gestão de segurança das obras, evitando furtos de materiais e ajudando na investigação de possíveis danos a obra durante todo o processo de desenvolvimento do empreendimento.
Com a implantação do plano de segurança (com recursos eletrônicos e físicos) ocorre a redução de custos com a portaria da obra e ainda se mantém o nível de segurança necessário para impedir roubos e furtos.

4. Conte com políticas, procedimentos e treinamentos adequados Existem equipamentos de última geração quando falamos em segurança. Entretanto, como já indicam as estatísticas, eles não conseguem garantir eficiência se há falha humana. Pensando nisso, as consultorias do setor, que iniciam o acompanhamento desde o escopo do projeto, também trabalham no desenvolvimento de políticas, procedimentos operacionais e treinamentos para os administradores, funcionários do empreendimento e para os moradores. Como a empresa indicou os equipamentos, acompanhou todos os estudos da área e implantações, possui expertise para conscientizar os envolvidos, fazer o cadastramento de cada um deles, para entradas seguras e inteligentes, e instruí-los tanto em relação ao uso dos equipamentos quanto no que tange às estratégias de segurança. Posteriormente, a essa fase de treinamento, a consultoria segue auxiliando na assessoria de segurança de empreendimentos – criando um vínculo com o empreendimento, que vai além da sua implantação, baseado na confiança e na preocupação com o bem-estar dos que vão desfrutar do local.

Fonte: https://blogdaliga.com.br/